Pular para o conteúdo principal

Paris Fashion Week by Vogue




Os desfiles de Viktor&Rolf constumavam ser verdadeiras encenações teatrais, com cenário fantástico e sempre alguma surpresa, mas desde que foram comprados por Renzo Rosso, da Diesel, vem se tornando menos "uau" e mais pé no chão o que, no caso deles, é uma pena. Toda em preto e branco, a coleção correta (mas longe de empolgante) trouxe muitas camisas masculinas desconstruídas  num interessante jogo de soft e hard e masculino e feminino (os tais opostos que marcam a estação), além de ótimos vestidos curtos com saia patinadora. A rosa que é marca registrada da dupla estava presente nas paredes estampadas e também nas peças, mas não chega a ser novidade...

Dali, seguimos para uma tarde de visitas à diferentes showrooms, numa verdadeira maratona criativa. A primeira parada foi no da grega Mary Katrantzou, no Marais, onde encontramos Ana Paula Gonçalves, da Mainos Ana Paula, de Brasília, que vende Katrantzou no Brasil e que vai levar a estilista para mega desfile na capital federal em 23 de abril - você vai ficar sabendo de tudo na próxima Vogue. Simpatia em pessoa, Mary fez a maior festa ao reencontrar o time da Vogue (a gente sempre passa horas no show room dela). Ela deu uma bela evoluída nesta coleção, indo além das estampas ultra coloridas e alegóricas que lhe deram fama, optando pela fusão de paisagens em P&B, num resultado elegante, etéreo, ligeiramente melancólico. Cores aparecem em tons de furta cor e amarelo, e outra novidade boa são os vestidos de tricô P&B (também presentes na Dior), fluidos e ultra femininos  e que certamente abriram novas portas a essa moça que ainda vai dar muito o que falar.

Saiba mais em: http://vogue.globo.com/fashion-weeks/paris/noticia/2013.html








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você conhece Punta Cana, no Caribe...

Você provavelmente já viu em fotos, ou talvez já viajado pra lá... Eu falo de Punta Cana, no Caribe. Praia linda e paradisíaca na República Dominicana, de visual natural estonteante, e um dos meus mais recentes "sonhos de consumo" no segmento viagens. Tenho ouvido muito falar nesse lugar ultimamente e então resolvi pesquisar pra saber que época do ano é boa pra viajar pra lá.

Punta Cana é uma região litorânea localizada no extremo leste da República Dominicana, no Caribe. Possui 8 km de praias de areia branca e fina, com águas cristalinas cercada por corais. A história de Punta Cana começa em 1969 quando Frak Rainieri, fascinado bela beleza da ilha, convidou Theodore Kheel a conhecer o local e investir nele, juntos compraram terras e fundaram o Grupo Punta Cana. A 205 km ao leste da capital Santo Domingo, Punta Cana é destino de praia número 1 no Caribe. Em 2008, a região que combina sol o ano inteiro e hotéis com tudo incluído (os famosos all-inclusive) recebeu cerca de…

Do tomara que caia,ao blazer justo: Moda, é pra todas as idades!

Vestir-se bem e estar na moda é um desejo de todas as mulheres, independente da idade. Mas é importante ficar atenta ao seu tipo de corpo e escolher as peças adequadas para a sua faixa etária.  Para arrasar no look sem erro, veja as dicas da personal stylist Valquíria Silva.
20 anos: Coloque a feminilidade em foco. A moda para a mulher de 20 anos deve ser prática, já a grande maioria delas possui uma rotina atribulada, trabalhando e estudando. Estampas, cores variadas e sóbrias são bem vindas, mas devem estar no contexto e de maneira equilibrada. Curtos, justos e roupas formais variam de acordo com a personalidade de cada uma e também com a ocasião. Para disfarçar a barriguinha, chame a atenção para os ombros, usando blusas e casacos soltos, camisa por dentro da calça, levemente solta, túnica ou top no estilo blousée e saias, que caem melhor que calças. Evite blusas e casacos que marcam a cintura, como parkas e jaquetas, estampas, padronagens muitos grandes ou espaçadas, calças e saias …

A historia da banda Queen: Filme Bohemian Rhapsody.

Bohemian Rhapsody | Trailer Oficial | Legendado HD
A historia da banda Queen: Filme Bohemian Rhapsody.
Ícone. Lenda. Gênio. Estas três palavras são amplamente associadas às personalidades que marcaram a história da arte em algum momento, principalmente se levarmos em conta o mundo da música. Elvis, Michael Jackson, Sinatra, Bowie... Freddie Mercury. 

Artistas transgressores, que transcenderam barreiras, criaram obras épicas, influenciaram (e ainda influenciam) artistas e têm seus nomes marcados na história da humanidade. 

E Freddie foi um homem único, com um talento imensurável e inegável. Mesmo quem não conhece profundamente a obra do Queen, conhece alguma canção deles. Eu cantarolei o filme inteiro. Rsrsrs. Esta bela e emocionante homenagem à Mercury é algo realmente admirável. 

Os aspectos técnicos são bem realizados, a narrativa é fluída e não cansa em suas mais de duas horas de projeção. Rami Malek escancaradamente se entregou ao papel de corpo e alma. Sua atuação de Mercury é excepci…